The Drew Family's Blog

Just another WordPress.com weblog

Aventuras do Nick/Nick’s Adventures – Part 2 julho 27, 2009

Filed under: Família/Family — thedrewfamily @ 2:58 am
Tags:

O Berço.IMG_4288
Fim de semana passado Nicholas caiu do berço. Agente já havia abaixado o berço assim que ele começou a ficar em pé segurando a grade do berço. Ainda assim, no sábado, ele conseguiu cair do berço.  Ele estava dormindo, o Chris estava na cozinha e eu e a Natalie no escritório.  Ouvimos um thum! e eu pensei que o Chris tivesse deixado algo cair na cozinha.  Eu ia perguntar o que houve mas quando eu olhei para ele, ele estava com os olhos arregalados e disse “Nick.” Nunca vi meu marido agir tão rapidamente, saiu correndo feito um raio escada acima.  Quando eu cheguei no quarto ele já estava com o Nicholas no colo.  Agente checou a cabeça dele, os olhos, eu o peguei. Daí o próprio Nicholas começou a explicar o que tinha acontecido.  Claro que o da-da-da-ma-ma-ma não foi entendido mas isso nos acalmou bastante.  Agora temos que abaixar o berço ainda mais.  Ai, ai minhas costas…

 

Aventuras do Nick/Nick’s Adventures – Part 1 julho 26, 2009

Filed under: Família/Family — thedrewfamily @ 3:07 am
Tags:

A mosca.
No início do mês Nick comeu uma mosca.  Uma manha eu coloquei o Nicholas no chão do quarto cheio de brinquedos enquanto eu usava o banheiro.  Passando pela porta do banheiro eu notei uma mosca morta no chão e pensei que deveria pegar um clinex e limpar a mosca.  Depois de escovar o dente e tudo mais eu voltei para o quarto com o clinex na mão.  Qual não foi a minha surpresa ao perceber que a mosca havia desaparecido.  Eu olhei para o Nicholas e falei “Nick?!” Ele vira, olha pra mim e dá um sorriso com uma perna da mosca no canto da boca. Nick!! Eu não sabia o que fazer.  Eu queria vomitar. Eu falava,”cospe!”, “não engole”, “não mastiga!” e tentava abrir a boca dele.  Ele tirava o rosto, empurrava a minha mão e mastigava!  Eu ia passar mal.  Meu estômago estava embrulhando.
Liguei pro Chris.  Não fazia tanto tempo que ele havia ido trabalhar.  Falei que o Nick tinha comido (argh!) uma mosca.  Pedi que ele voltasse e resolvesse esse problema.  Ele riu, disse que não podia voltar naquele momento. Disse para eu dar água para o Nick para limpar a garganta e engolir melhor. Argh! Eu ia passar mal. Fui eu então tentar forçar a boca do Nick aberta e tentar puxar o que restava da mosca.  Isso entre ânsias de vômito (da minha parte).  Consegui resgatar mais uma perna, uma asa e uma outra parte (argh!) qualquer.  O Nick ficou meio triste.  Eu fiquei sem colocar nada na boca por umas 3 horas.

The fly.
On the beginning of the month Nick ate a fly.  One morning I put Nick on the bedroom floor while I used the bathroom. On my way to the bathroom I notice a dead fly near the door. I thought I had to get a kleenex to clean that fly. After brushing my teeth and so forth I came back with the kleenex. Imagine my surprise when I didn~t see the fly on the floor.  I looked at Nick and asked “Nick?!” He truned, looked at me and smile with a leg of the fly on the corner of his mouth. Nick!! I didn’t know what to do. I wanted to throw up.  I said, “spit it out!,” “don’t swallow,” “don’t chew!” I was going to be sick.  My stomach was turning.
I called Chris. He’d just left for work. I told him Nick had eatten (argh!) a fly.  I asked him to come back home and take care of it.  He laughed and said he couldn’t. Told me to give Nick some water to clean his throat and help him swallow. Argh! I was going to be sick! With that I forced Nick’s mouth open and tried to get what was left of the fly out of his mouth. All this while trying to keep (myself) from throwing up. I was able to get another leg, a wing and another (argh!) unknown part of the fly. Nick was kind of upset with it all. I couldn’t put anything in my mouth for the next 3 hours.

 

Dicas importantes julho 14, 2009

Filed under: Debate,Notícias/News — thedrewfamily @ 2:07 am
Tags: ,

Agente sempre conversa sobre as diferenças culturas entre os EUA e o Brasil.  Vire e mexe temos uma dica de como se chama tal produto ou o que usar para substituir um produto brasileiro.  Depois que me tornei mãe, aí mesmo que trocamos ideias com amigas.  No outro dia uma amiga me ligou para saber aonde comprei tal remédio que dei a ela quando seu filho nasceu.  Isso me fez pensar que devo escrever uma lista para que todas saibam tudo que sei.  Essa vai em português e inglês.

We are always talking about the differences between the US and Brazil.  Among the Brazilians, every now and then we get a tip on how a product we know from Brazil is called here.  After I became a mother these tips are even more useful.   The other day a friend called me to know where I had bought the natural medicine I gave her when she had her baby. This made me think I should make a list so everyone knows what I know.  This needs to be both in Portuguese and English.

No hospital– Leva para casa tudo que eles derem.  Se possível peça mais absorvente higiênico daqueles tamanho-elefante pois assim seu marido não vai ter que passar vergonha ao comprar aquilo no mercado.  Tudo que eles derem de refrescante ou geladinho para passar “lá”, leva pra casa. Depois vc vai me agradecer.

At the hospital – Take home everything they give you. If possible as for more of those elephant-size pads. This way you’ll save your husband the embarrasment of buying those at a grocery store. Everything they give you to cool, sooth or refresh “down there” take home with you. You’ll tank me later.

Chá de louro – cólica. Tanto a Natalie quanto o Nicholas tomaram.
Bay leaf tea – colic.  Both Natalie and Nicholas took it.

Gripe Water – Esse é para bebê recém-nascido com cólica.  Mas o que mais me impressionou foi quando o dente do Nicholas começou a sair.  Esse produto é excelente para dente também!!
Gripe Water – This is great for newborn with colic.  Now, what really impressed me what when Nicholas was teething.  This product is excellent for teething too!!

Teething tabs – Bem, esse produto pode ser achado com outros nomes.  O que eu uso na verdade tá escrito Colic babies.  É outro produto que pode ser usado com o bebê recém-nascido com cólica e também para qdo sair o dentinho.  Tanto esse produto quanto o Gripe Water tem camomila e esse parece ser o ingrediente chave para acalmar o bebê.
Teething tabs – You can find this one with other names.  The one I use is actually called Colic Babies. It’s another product that can be used for colic and for teething.  Similar to the one above, this one has camomille and this seems to be the key ingredient to calm babies.

Oxi Clean Baby – A salvação para manchas em roupas de neném.  Adoro esse produto! Usei com a Nati e estou usando com o Nick.
Oxi Clean Baby – Works wonder on stains on baby clothes.  I love this product!  I used it with Nati and now, again, with Nick.

Sling – Isso  é maravilhoso para o bebê ficar perto do corpo da mãe e parar de chorar.  Para aqueles que me viram no Thanksgiving 2008 ou estavam aqui no Natal de 2008 sabem bem do que eu falo.  Posso conversar, passear, brincar, comer, beber… o meu neném fica dormindo dentro do sling e eu o carrego para tudo quanto é lugar.  Usei com ambos os filhos e aconselho para todas as mães.
Sling – This is great for a baby to be close to the mother’s warmth and not cry. Those who saw me on Thanksgiving 2008 or were here on Christmas 2008 know what I’m talking about. I can talk, walk, play, drink, eat… got my two hands free and my baby is asleep in the sling while I take him everywhere.  I used with both my kids and I recommend this to all mothers.

Babador descartável – Na verdade, não só o babador como o copo e a colher.  Isso é ótimo em viagens.  O babador é o máximo pois agente pode levar a todos os lugares aonde vamos dar comida ao bebê. Quanto agente fica hospedado em hotel, então… nem se fala. (Imagina, lavar babador na pia do banheiro!) Eu adoro, tenho pelo menos uns 3 em cada bolsa de frauda pois nunca se sabe dse vamos resolver ir almoçar na rua e não ter um babador par ao neném estraga o almoço.
Disposable bibs – Actually, not only bibs but bowls and spoons.  This is great on trips.  The bib is awesome because we can take it everywhere we need to feed the baby. When we stay at a hotel, this is a must. (Imagine, washing bibs in the bathroom sink!) I love this product and carry at least 3 in each diaper bag.  We never know when we will decide to have lunch while out and about and not having a bib for the baby will spoil the whole thing.

 

Natalie julho 4, 2009

Filed under: Família/Family — thedrewfamily @ 6:51 pm
Tags:

Faz tempo que não coloco um post só da Natalie.  Ela anda crescendo rápido demais para o meu gosto. A Natalie está falando bastante português comigo.  Estou ensinando ela a rebolar, ainda precisa praticar muito!!  Acho que é sem jeito igual ao pai.  Meados de junho ela ganhou uma bicicleta. (Na verdade compramos 4 bicicletas!  Essa é uma outra estória… 3 delas foram $10 cada, e a da Nati foi $60, pois era nova.) Ela está super feliz!  Anda que é uma beleza, parece uma garota grande.  A bicicleta é muito fofinha, é pequenina e é perfeita para a Natalie!!  Aqui na rua tem uma galerinha de 4 a 13 anos que anda de bicicleta e scooter (patinete?) para cima e para baixo.  A Nati tinha, até então, um triciclo com umas rodonas que ela chamada de bicicleta.  Ela ía andar com as crianças maiores só que ela sempre ficava para trás pois aquele negócio nem se compara com uma bicicleta. Agora não, agora ela consegue acompanhar as meninas menores.

Com essa nova bicicleta ela tem se tornado mais independente e menos tímida, o que acho muito bom para ela. Isso também ajuda com que ela faça amizade.  Aos poucos ela vence os desafios como pedalar para dentro da garagem, que é uma ladeirinha. Eu acho muito lindo.   Ao mesmo tempo me dá uma dor no coração de ver que ela está crescendo.  Como o tempo passa rápid03_Bikeo, rápido demais.

It’s been a while since a wrote a post only for Natalie.  She is growing too fast for my liking.  She is speaking a lot of Portuguese to me.  I’m trying to teach her how to  do some Brazillian dance moves, she needs a lot of practice!!  She got a bike mid June.  (Actually, we got 4 bikes!  But this is another story… 3 of them we got for $10 each, and only Natalie’s was really bought at a store.)  She is so happy!  She rides rather well, as if she were a big girl.  The bike is so cute, it’s little and it’s perfect for Nati.  Here on the street there is a little bike/scooter gang ranging rom 4 to 13 year-old children.  Nati had a big wheel.  It was ridiculous because that thing doesn’t compare to a bike and she was always behind   Now she kids of keeps up with the younger girls.
With the new bike she has become more independent and less shy, which is great for her.  It also helps her make new friends. Little by little she overcomes obstacles such as how to ride the bike back into the garage, the driveway is a little uphill. I find this so adorable.  At the same time my heart hurts to watch her growing.   Time goes by fast, way too fast.

 

Tô meio que de férias

Filed under: Debate,Família/Family — thedrewfamily @ 6:24 pm
Tags: , ,

Sem entrar em datalhes, o Chris e a Natalie foram viajar com a família Page.  Junto com eles foi o Tucker, a Piper, uma babysitter e a Lois, mãe do Chris. Me sinto meio que de férias!  Afinal, só estou com o Nicholas nessa semana.  Acho ótimo poder manter a casa arrumada e não ter que fazer comida nutritiva e diferente para safistazer gostos.  Acho que vai até dar tempo de arrumar meu guarda-roupa e das crianças, separar roupas e sapatos para dar ou vender. Vou aproveitar para ver algumas pessoas com quem ando na falta e para terminar algumas tarefas de trabalho que estão atrasadas. 

Engraçado como nesse momento da minha vida esse é o melhor tipo de férias, ficar em casa sem ter que trabalhar para família.  Parece que não tenho tempo para fazer tudo que tenho para fazer. Me pego imaginando como seria minha vida se estivessemos no Brasil… não consigo controlar um pouco de inveja (no bom sentido) de amigos e famíliares que disfrutam da infra-estrutura de pais de terceiro mundo, empregada, faxineira e babás.  Minhas amigas brasileiras por aqui devem concordar.  Já imigino como seria bom não ter que parar de trabalhar no computador para ir para cozinha fazer janta.  Ter alguém para passar roupa!  Ou, as vezes, só para ajudar a dar banho nas crianças e colocar na cama.  Ah, seria tão bom!  Quem sabe até sobraria tempo para assistir televisão!

A realidade daqui é outra e não posso reclamar pois a escolha foi minha.  Nunca teria a minha casa daqui se estivéssemos no Brasil.  Não sei se conseguiria ser tão “tranquila” com a vida, as coisas e as crianças como sou aqui.  Isso sem falar que com toda a crise econômica, aqui ainda é o pais aonde trabalhando se vive direito.  Educação para os meus filhos vai ser boa, mesmo em escola pública (isso porque aqui é cidade do interior). 

Penso também em férias ou as vezes um simples fim de semana prolongado, aqui pegamos o avião e vamos para um hotel ou resort.  No Brasil isso seria, no mínimo, o triplo do custo!  Falando em férias, Feliz 4 de julho!  É hoje, feriado aqui.  Que bom pois acho que não tem feriado suficiente aqui.  Até as vezes só para ter um dia a mais para ir a um parque com a família. O ideal seria 1 feriado por mês, sempre na segunda ou na sexta.  Não concorda?

Comecei o blog falando de férias e acabei com o mesmo assunto.  Tenho coisas para fazer enquanto meu pequeno está dormindo.  Beijos!